Feriado Nacional e Estadual de 20 de Novembro. Nós apoiamos esta Ideia e Você?

Feriado Nacional e Estadual de 20 de Novembro. Nós apoiamos esta Ideia e Você?

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Parcerias que precisam ser exaltadas e respeitadas.
Em 2005, os companheiros Luiz Osmar Mendes e Adriana Santos, juntamente com outros parceiros, oficializaram o Fórum Permanente de Educação e Diversidade Etnicorracial no Estado do Rio Grande do Sul.
Nesse período, muitas foram as ações realizadas pelo Fórum: Abertura de diálogo com o Ministério Público Estadual, que gerou um Curso de Capacitação, do quadro de Promotores do RS, ministrado pelo Prof. Waldemar de Moura Lima, e uma Cartilha orientadora, para o acompanhamento da aplicabilidade da Lei em nosso Estado; Dialogo com o Tribunal de Contas do Estado; Dialogo com a Assembleia Legislativa do Estado e com todas as Universidades Públicas, Privadas e Comunitárias no Rio Grande do Sul, sem falar das palestrar e visitas em Escolas Públicas e Privadas, por todo o Estado e o fortalecimento da presença das organizações ligadas a educação do movimento social negro gaúcho. Tudo isso, num acompanhamento e parceria com a SECADI/MEC, do Governo Federal.
Governos passaram: Germano Rigotto, Yeda Crusius e Tarso Genro, mas não afrouxamos no combate ao racismo institucional, em alguns órgãos do Governo do Estado.
Em 2013, nossa primeira conquista institucional, a criação do Dec. 50.725, de 09/10/2013, que Instituiu Grupo de Trabalho com a finalidade de elaborar Plano Estadual de Implementação das Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação das Relações Etnicorracias e para o Ensino das Histórias e das Culturas Afro-Brasileiras, Africanas e Indígenas, coordenado pela Profª Drª em História Lúcia Regina Brito Pereira, na parceria do Companheiro Gleidson Renato Martins Dias, Ex-Assessor da PGE/RS.
É preciso destacar que, muitos foram e são os parceiros, durante esses anos, que contribuíram nesse processo e na energia para combater as resistências, tanto de dentro, como de fora dos governos, que não queriam esses avanços.
Destacamos a companheira Maria Eulalia Nascimento, Secretária Adjunta da SEDUC/RS, no Governo Tarso; Edson Mendes, assessor jurídico, do quadro da SEDUC/RS e a Ex-Deputada Estadual Ana Corço.
Chega 2015, nossa segunda vitória, a Portaria nº 299/2015, que renova o Grupo de Trabalho, que passa a ter a Coordenação da Profª Mestre em História Adriana Conceição Santos, atual Assessora de Relações Étnicas, da SEDUC/RS, assinada pelo então Ex-Secretário de Educação, o Sr. Vieira da Cunha, com o total apoio de seu Secretário-Adjunto, o Sr. Luis Alcoba.
As criticas, são muitas, daqueles que não conseguem enxergar os avanços conquistados pelo Fórum Permanente de Educação e Diversidade Etnicorracial do RS, nesses 14 anos de sancionamento da Lei 10.639, de 09 de janeiro de 2003, que alterou a Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da Rede de Ensino a obrigatoriedade da temática "História e Cultura Afro-Brasileira", depois complementada pela Lei nº 11.645/2008, que inclui a Cultura Indígena.
Hoje chegamos ao Decreto nº 53.817, de 28/11/2017, que Institui o Plano Estadual de Implementação das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino das Histórias e das Culturas Afro-Brasileiras, Africanas e dos Povos Indígenas, tornando o Estado do Rio Grande do Sul, o pioneira nessa instituição legal.
Por tanto, o Plano, não é mais uma Minuta ou um sonho, agora ele é um documento oficial, constituído por um Decreto assinado pelo Governador do Estado.
Por tanto, mais uma etapa vencida, mas que temos de nos organizar para que não seja mais uma legislação a não ser cumprida como tantas existentes em nosso Estado e no País, quando é de interesse da População Negra e Indígena.
Só com a nossa unidade, venceremos o racismo e a intolerância em nosso Estado e em nosso País, iça na diáspora.
Por tanto, meus mais sinceros agradecimentos aos Companheiros Luiz Osmar Mendes, Adriana Santos, Lúcia Brito, Adevanir Aparecida Pinheiro Pinheiro e tantos outros, por me confiarem e me apoiarem nessa caminhada conjunta, como Coordenador do Fórum Permanente de Educação e Diversidade Etnicorracial do Estado do RS.
Também nossos mais sinceros votos de consideração ao Companheiro John Carth, Assessor da SECADI/MEC.
Muitos, pelo Estado a fora não foram nominados, mas isso e fruto do trabalho Coletivo de Todos Nós.
Seus nomes, mesmo que não apareçam, esta gravado no Decreto nº 53.817/2017.
Sejamos Ubuntu.
Sawabona.
Àse.



quinta-feira, 9 de março de 2017

Salve Companheiros e Companheiras de muitas caminhadas e resistência, na busca da efetiva aplicação da Lei 10.639/03 (Art. 26-A) em nosso Estado do Rio Grande do Sul e no Brasil.


Na próxima segunda-feira, (13), teremos uma reunião com o Departamento Pedagógico da SEDUC, que pretende discutir o lançamento e divulgação do PLANO ESTADUAL DE IMPLEMENTAÇÃO DAS DIRETRIZES CURRICULARES PARA EDUCAÇÃO DAS RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS E PARA O ENSINO DAS HISTÓRIAS E CULTURAS DOS AFRO-BRASILEIROS, AFRICANOS E DOS POVOS INDÍGENAS.


Tudo isso é fruto da pressão coletiva dos educadores e militantes da questão racial do nosso Estado, que mesmo que as forças contrarias a essa implementação desta política, tivessem espaços nos órgãos de gestão do Estado e dos Municípios, não desistiram de continuar na luta.


Nessa reunião estarão presentes, além da SEDUC e de representação do Fórum Permanente de Educação e Diversidade Etnicorracial do RS, representandos da PGE, TCE, MPE e Assembleia Legislativa.


Agora será o momento de somarmos forças, independente de sua militância partidário ou não, para termos o apoio do Governo do Estado e do Parlamento do RS, para que isso se torne lei a ser cumprida em todas as Escolas, publicas e privadas, em nosso Estado.


Precisa ampliar a nossa convergência e unidade.


Sejamos Ubuntu.


Sawabona.


José Antonio dos Santos da Silva.
Coord. do Fórum Permanente de Educação e
Diversidade Etnicorracial do RS.


terça-feira, 15 de novembro de 2016

Seminário: Desafios da Educação Básica

CONVITE

Convidamos Vossa Senhoria para participar do Seminário 'Desafios da Educação Básica a ser realizado no dia 21 de novembro, segunda-feira, às 13h30min, na Sala João Neves da Fontoura - Plenarinho, 3º andar do Palácio Farroupilha (Praça Marechal Deodoro, nº 101 – Centro Histórico), em Porto Alegre.
Maiores informações podem ser obtidas pelo fone (51) 3210-2096. Solicitamos confirmação de presença, informando nome e entidade/órgão, pelo e-mail: cecdct@al.rs.gov.br

Deputado TIAGO SIMON,
Presidente.



sábado, 15 de outubro de 2016

Assinem a petição e ajudem a divulgá-la, por favor!

"Dia do professor também é dia de luta! 
Junte-se a nós contra a Lei da Mordaça!"


"O Escola Sem Partido é uma proposta de lei que persegue professores. Qualquer tema polêmico levantado em sala de aula, mesmo que relacionado à matéria, pode ser considerado "doutrinação" e ocasionar na suspensão do professor. Como garantir uma educação de qualidade num ambiente de censura? Entra no site http://bit.ly/escoladiversa, preencha teus dados e assina a nossa petição a favor de uma escola sem mordaça!"


terça-feira, 30 de agosto de 2016

Repassando convite: FRENTE GAÚCHA ESCOLA SEM MORDAÇA

Estamos organizando uma reunião dia 31 de agosto, quarta, 8h30, na sala 102 da Faculdade de Educação da UFRGS para reunir entidades a fim de lançar, às 10h, a Frente Gaúcha Escola sem Mordaça a ser articulada com a Frente Nacional para combatermos os projetos de lei do ESP e também o projeto de lei 44/2016, em tramitação na Assembleia Legislativa do RS, e que pretende privatizar a gestão escolar de escolas públicas transferindo recursos públicos a empresas privadas.

Esperando contar com a sua presença, aguardamos confirmação,

Atenciosamente, 


Russel  da Rosa e Vera Peroni (FACED/UFRGS)